Categories
Uncategorized

Alternativa para diminuir o tabagismo e melhorar a qualidade do meio ambiente

Os cigarros eletrônicos são a nova alternativa para os tabagistas que estão tentando parar de fumar cigarro tradicional, para aqueles que não querem largar o hábito de fumar abruptamente, essa é uma boa opção sem prejudicar tanto a saúde. Esses mesmos também conhecido como “vape” são menos nocivos ao meio ambiente, torando assim uma opção mais saudável e sustentável.

Todo ano, são liberadas 22 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera devido ao uso do cigarro. Além de não liberar nada mais que vapor, o vape também ajuda na preservação do meio-ambiente ao evitar desmatamentos.

Primeiramente, devemos nos lembrar que, em cigarros comuns, existem centenas de substâncias nocivas que, após queimadas, resultam em mais de 4000 compostos diferentes. Além de fazer mal para o organismo humano, elas também afetam consideravelmente a natureza.

Muitas dessas substâncias ficam presentes nos filtros dos cigarros, que não são biodegradáveis. Assim, quando descartadas indevidamente no meio-ambiente, podem ficar poluindo a natureza por muitos anos. Com o vape, não existe descarte de filtro, e nem fumaça é exalada e sim vapor, sendo esse um dos seus aspectos mais positivos em relação à sustentabilidade.

Para se ter uma ideia, em média, ao longo de sua vida, um fumante comum descarta 430.700 pontas de cigarro. São quase meio milhão de vetores de substâncias tóxicas jogados no meio ambiente.

Outro aspecto que deve ser considerado é o desmatamento, pois os números são assustadores. Para cada pacote de maços de cigarro, é necessário que se corte uma árvore. Se você fuma um maço por dia, ao decorrer da semana, já se foi quase meia árvore. Continuando ainda mais essa conta, são quase 25 árvores por ano e mais de 1200 ao longo da vida de um fumante.

Portanto, substituir o cigarro convencional por outras alternativas acarretaria uma diminuição significativa em áreas desmatadas em território brasileiro.

A sustentabilidade dos cigarros eletrônicos

Quando há a opção de trocar o cigarro comum pelo vape, tendo em vista que esse não se descarta bitucas, eles são composto por uma pequena bateria, que cotem uma longa duração até ser descartada de vez, para o descarte dessas baterias, existem diversos locais de coletas de pilhas e baterias espalhados pelas cidades, até mesmo em super mercados, sendo assim, esse processo se torna algo mais viável. Os vapes contem também uma parte para colocar líquidos, comercializados de diferentes sabores, verifique os produtos no site vapeinbright.com. O uso dos vapes se tornou uma tendência mais sustentável, mais saudável para as pessoas, sociedade e para os recursos naturais.

Portanto é possível perceber o impacto de um vape ao meio ambiente é muito menor do que o de um cigarro tradicional. Impacto que tende a ser diminuído com a popularização de seu uso e o consequente aprimoramento do processo de fabricação, que cada vez mais vem encontrando meios de tornar o cigarro eletrônico mais seguro em relação à saúde e ao meio-ambiente.